Textos

Você sabe viver?

viver-primeira-vez
views
33

Viver.

Você sabe aproveitar o tempo que você tem?

Você estuda o que quer ou faz aquele curso só por que é o sonho dos seus pais? Você trabalha com o que gosta ou faz apenas por dinheiro? Vale a pena viver pelo dinheiro e ser infeliz na vida profissional?

Para cair no abismo do ‘apenas existir’, basta fazer algo que já soa como normal para grande parte de nós – basta entrar no piloto automático. Basta acordar, ir trabalhar, voltar do trabalho, dormir; basta esperar o fim de semana como se fosse a única salvação da sua lavoura; basta não agir ou reagir, apenas se deixar levar pela correnteza dos acontecimentos da vida.

E o que você tem feito para que isto não aconteça?

Quais são seus objetivos de curto prazo? E de médio ou longo prazo? É fácil se perder em meio a necessidade de pagar contas e de se sustentar ou sustentar uma família, porém, é preciso estabelecer metas de crescimento pessoal. Evoluir é necessário.

Pense nisso.

“O homem comum não sabe o que fazer da vida e no entanto deseja outra que durará para sempre” – Anatole France

Cheguei aos 20, e agora?!

saia 2
views
406

(Eu ia colocar foto para cada tópico mas achei que poluiu demais! só de entrar no meu instagram vc consegue ver uma foto pra cada tópico! É só ir rolando pra baixo hahaha. Clique aqui)

Duas décadas! Acho que a Gabi de 6 anos de idade teria orgulho da Gabbi que sou hoje! Fiz tudo o que eu quis. Estudei os instrumentos que eu tinha vontade, fiz ballet até perder a graça, tive minha festa de 15 anos exatamente do jeitinho que eu sempre quis. Pintei o cabelo de loiro, verde e azul todas as vezes que eu quis até cansar e deixar castanho mesmo. Me relacionei com quem eu tive vontade, soube regar o jardim da amizade e estou caminhando na direção do meu sonho. Realizei todas as minhas vontades até aqui.

Aos 20, eu me considero uma pessoa feliz e otimista. Minha autoestima nem é tão grande, eu só me acho a menina mais linda deste universo inteiro. Me acho capaz de realizar qualquer sonho. Me acho inteligente, esforçada e boa no que eu faço. Por que me acho tudo isso? Por que os meus pais sempre disseram isso pra mim, a minha vida toda, e eu acreditei. Sou feliz pensando assim e sou mais feliz ainda por que muitas meninas que lêem o blog me pedem conselhos a respeito de auto estima.  E olha que isso não é só comigo por ser mulher. Meu irmão é uma pessoa incrivelmente feliz consigo mesmo, se acha o mais gato da turma, o melhor de todos e o mais bem humorado. (e cá entre nós, ele é mesmo!).

Quando eu era pequena eu achei que iria chegar aos 20 já com uma carteira de motorista e formada no colégio (eu não fazia ideia de qual idade as pessoas terminam o colégio). Se eu supri a expectativa? Sim! com a ajuda, apoio (esforço e muita luta) e carinho dos meus pais, consegui!

Sempre escutei as pessoas falando que no fim da vida nós conseguimos contar os amigos nos dedos de uma mão. E eu pensava “eu só consigo contar os amigos nos dedos das mãos se eu tiver no mínimo uns 47 dedos. Não cheguei no fim da vida, pelo contrário! Estou iniciando ela agora… mas já posso dizer que dos 47, tenho 2 que eu realmente posso considerar. Tenho dois que realmente fazem a diferença. Que eu tenho a liberdade de contar meus segredos, meus medos e minhas inseguranças. São dois que eu posso compartilhar minhas alegrias, pedir conselhos, e até mesmo ficar pertinho só pela companhia. As vezes cada um com seu celular (né chucrute?!) , às vezes de vela no fim de semana (né Pamella?!), e marcando em +- 50 posts no instagram por dia (desculpa por isso hahaha). São esses dois que tem total liberdade de chamar a atenção quando vêem algo errado, e também podem rir a vontade das loucuras q passam na minha cabeça, que eles sabem sem eu nem ter que contar. Eu já troquei um churrasco de aniversario com vários convidados pra comer pizza com esses dois, em casa mesmo, de pijama e sem maquiagem, e olha, foi um dos melhores!  Não preciso citar os dois nomes, quem é já sabe! eu amo vocês! Trecho de uma música que define nossa amizade:

É sobre ser abrigo e também ter morada em outros corações
E assim ter amigos contigo em todas as situações

Não é sobre tudo que o seu dinheiro é capaz de comprar
E sim sobre cada momento sorriso a se compartilhar

 

Quando eu era mais nova eu achava que sairia do colégio e entraria na faculdade com toda a certeza do mundo, da profissão que eu gostaria de seguir. Não foi bem assim, inclusive, é bem difícil vc decidir o que quer ser pro resto da sua vida aos 17/18 anos! Mas até que eu estou chegando perto… aos 8 eu tinha o sonho de trabalhar em uma área específica, aos 20 estou iniciando o processo pro sonho ser realizado com todo o apoio dos meus pais e amigos!

Nesses 20 anos muita gente passou! Gente de colégio, gente de igreja, gente da vida. Pessoas que me acrescentaram muito, outras que levaram parte de mim embora. Passou gente que veio de looonge pra me ajudar em algo, e passou gente de muito perto que só quis me prejudicar. Nessa parte do texto eu quero deixar o refrão de uma música que eu sou apaixonada.

Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar
E assim, chegar e partir

 

Nesses 20, eu tenho o maior orgulho do mundo de dizer que mais da metade (15 anos) eu estou no meio da música. Aos 5 anos eu ganhei a minha primeira partitura, escrita por ninguém mais e ninguém menos do que o Mestre Du Guita! Ele é o meu guitarrista favorito.

Comecei com o teclado, fui pro violão, entrei no piano e flauta, fiz canto, sonhei com o violino e me realizei com o Violoncello! Tenho orgulho de ter tido aula com alguns professores, como a Didi, o Fred e o Alysson. E também sou feliz por ter conhecido o maestro Sergio Gomes, meu maestro ha 4 anos.

Nesses 20 anos, eu aprendi que conselho de pai e mãe são os mais valiosos. Aprendi que pai e mãe são as coisas mais importantes que se tem na vida! “Sorria e abrace seus pais enquanto estão aqui“. 

 

Seja vc mais velho ou mais novo que eu, se eu puder te falar uma coisa bem clichê, tente achar um sentido nisso pelo menos por 10 minutos: Independente do seu sonho, faça de tudo pra realiza-lo! Não importa se os outros vão julgar ou tentar te desanimar. O sonho é seu, e somente VOCÊ pode realiza-lo! Independente da sua idade, independente de quem você seja. Os outros são só os outros.  É mais gratificante você demorar 10 anos pra chegar lá do que morrer sem tentar.

“…a vida é trem-bala, parceiro
e a gente é só passageiro prestes a partir”

 

 

Cansei de me relacionar, cansei das pessoas, cansei dos joguinhos.

IMG_5170
views
424

Depois de uns relacionamentos e de ter conhecido algumas pessoas que não me agradaram tanto pelo modo que elas agiam, quanto pelo simples fato de não fazerem absolutamente nada. Hoje, é dentro do meu limbo que eu encontro paz e me sinto satisfeita. Ando com preguiça de me dispor e me despir pra alguém pela milésima vez, preguiça de começar do zero e ter que contar toda a minha historia outra vez, ter que voltar pro grande jogo das conquistas e planejar encontros. Ando com preguiça de conhecer alguém, enviar uma mensagem e ficar grudado no celular esperando por uma resposta que demora pra chegar e às vezes nunca chega, preguiça de reservar algumas horas da minha vida pra sair com alguém e no outro dia, ter que lidar com o sumiço da pessoa. Não tenho esperado mais resposta de ninguém e tenho tido pavor de responder alguém que não sejam os meus amigos.

Dizem que ninguém consegue ficar sozinho por muito tempo, que viver ao lado de alguém, ter alguém pra cuidar de você é essencial na vida. Mas eu estou ótima me cuidando sozinha e não acho que ficar sozinha seja o fim do mundo se você está sempre disposto a descobrir coisas novas pra manter o teu mundo maior e tua vida bem mais interessante. Eu não preciso de alguém pra me fazer rir, pra me dar um cafuné antes de dormir, pra me trazer café na cama e pra me apresentar bandas que eu nunca ouvi. Dizem que uma hora chega sua vez, uma dia o cupido acerta a flecha, em algum um momento o amor esbarra na gente e quando isso acontece, não tem pra onde correr (ou sim).

Não sei se está cada vez difícil encontrar uma parceria real numa época em que os aplicativos de pegação, a falta de interesse somada a falta de tempo tem transformado as pessoas em seres totalmente desinteressantes pela apatia. O fato é que cheguei num momento que cansei de estar sempre disponível pras pessoas que cada vez mais parecem estar indispostas, cansei de tentar e de pensar em tentar mas acabar não tentando porque o interesse acabou antes disso. Cheguei no momento só meu – e talvez, você que está lendo isso também tenha chegado – isso não deve ser ruim se você se sente bem consigo mesmo e confortável pra fazer o que quiser, quando e onde quiser.

Chega um momento que as pessoas vem e vão, vem em vão. Nada contagia, parece que nada é bom o suficiente pra ficar. Ninguém é capaz de te devolver aquele brilho no olhar que todo apaixonado carrega consigo, ninguém é tão bacana o suficiente pra te puxar do limbo. Chega um hora que o coração da gente pede paz. Chega uma hora que a gente cansa das pessoas, cansa dos joguinhos que elas fazem, cansa das relações. E então, tudo que a gente quer, é ficar sozinho. A gente passa por cada coisa, recebe tantas pedradas ao longo do caminho, coleciona mais algumas decepções e tapas na cara que quando a gente amadurece, a gente passa a exigir mais do outro sem nem saber se o outro já passou pelas mesmas estradas que a gente percorreu.

Inspirado no texto de Ian Albuquerque

Relacionamento Abusivo

views
254

O Coringa pergunta: “Você morreria por mim?”, ao que a doutora Harleen Quinzel responde que sim. Ele muda de ideia e questiona: “Você viveria por mim?” e mais uma vez, ela concorda. O personagem então a transforma em Arlequina, enquanto uma música romântica começa a tocar. A descrição é de uma cena de Esquadrão Suicida, e de romântica não tem nada.

Relação abusiva é aquela onde predomina o excesso de poder sobre o outro”, explica a psicóloga Raquel Silva Barreto, da Universidade Federal Fluminense (UFF), em entrevista ao Repórter UNESP. “É o ‘desejo’ de controlar o parceiro, de ‘tê-lo para si’. Esse comportamento, geralmente, tem início de modo sutil e aos poucos ultrapassa os limites, causando sofrimento e mal-estar.”

Todo relacionamento no qual um parceiro extremamente ciumento, quer controlar as atitudes e decisões do outro e tenta isolá-lo do restante do mundo, pode ser considerado abusivo. Por vezes, a agressão, além de mental, é física, e é um dos principais motivadores do feminicídio, erroneamente chamado de “crime passional” em diversas ocasiões.

Como algumas características dos relacionamentos abusivos são normalizadas pela nossa cultura, é difícil para as próprias vítimas entenderem o que se passa com elas. Alguns usuários do Twitter abordaram o assunto por meio da hashtag #erelacionamentoabusivoquando, listando algumas situações de alerta de um relacionamento não saudável.

 

E pra finalizar esse post: você sabe quais são os tipos de violência contra a mulher?

BLOG NOVO!

saia 7
views
874

 

Oi todo mundo!

Post super especial hoje, que é pra falar que o blog está de cara nova! (uhuul).  Depois de alguns dias off, é com muuuita felicidade que eu venho apresentar pra vocês o novo Gabbi Mania. Aqui está o novo blog desenvolvido pela Webhunters.  E pra começar bombando, em abril teremos posts TODOS OS DIAS! vai ser tipo um Veda, só que de posts, rs! Está rolando desde o primeiro dia do mês, então já aproveita agora pra conferir e volte pra acompanhar os próximos.

 

E pra inaugurar esse novo blog lindo, vou fazer um concurso de beleza em parceria com a Dri Calçados. Se você quiser ganhar um voucher no valor de R$100,00 da loja, é só acompanhar as instruções na página CONCURSO! Espero muito que gostem da novidade, do concurso, de tudo… assim como eu!

 

 

Ei, você! Lê aqui

girl-869205_1920
views
55

“…E eis que estou convosco todos os dias…” Mateus 28:20

Às vezes vemos filmes que começam com uma história linda, a menina se apaixona, ou consegue o emprego que queria ou tem a formatura na escola, e tudo de repente é como ela sonhava, tudo dá certo. Não sei você, mas eu sempre fico com aquela sensação: algo ruim vai acontecer cedo ou tarde, é claro, depois de tantos filmes fica previsível o roteiro. E às vezes a gente só quer que tudo dê certo, que dê pra cortar a parte ruim do filme da nossa vida. De uma coisa eu tenho certeza, isso não é possível. A nós não nos cabe dias perfeitos, não por enquanto. Precisamos aprender a lidar com as circunstâncias, boas ou ruins. E outra certeza é: com Jesus tudo fica mais fácil, o fardo fica leve e a caminhada mais segura. Não devemos andar esperando, ou ansiando, pela cena ruim do filme (das nossas vidas), sempre imaginando o pior, porque temos em quem confiar. Quando você sabe quem está no controle do universo (sim, dessa imensidão que você não consegue mensurar), e da sua vida, você não precisa temer. Temos uma esperança, em dias bons ou ruins, Ele não falha, Ele é fiel, e Ele cuida de você.

Texto: Luisa Fonseca

Xoxô

Anorexia X Bulimia

anorexia
views
94

Oi meninas!

Vamos falar de coisa séria?!
Tem muita gente que me pede informações e ajuda em relação a anorexia e bulimia.

A anorexia e a bulimia são dois problemas que envolve uma relação complicada com a comida e com a alimentação. Enquanto na anorexia a pessoa não come,com medo de engordar e apesar da magreza instalada, na bulimia a pessoa come tudo o que deseja e vomita pela culpa ou remorso com medo de engordare neste caso está quse sempre dentro do peso normla ou está ligeiramente acima do peso.

Como saber se é Anorexia

Para identificar se é Anorexia, além da magreza, é preciso estar atento ao surgimento de comportamentos como:
  • A pessoa vê-se constantemente gorda, mesmo quando não tem excesso de peso ou até está abaixo do peso;
  • Recusa comer ou exprime um medo constante em ganhar peso;
  • Comer muito pouco e tem sempre pouco ou nenhum apetite;
  • Está sempre de dieta ou conta todas as calorias dos alimentos;
  • Pratica regularmente atividade física com a intensão apenas de perder peso.
Quem sofre desta doença, tem tendência para tentar esconder o problema, e por isso vai tentar esconder que não come, fingindo algumas vezes a ingestão de alimentos ou evitando almoços de família ou jantares com amigos, por exemplo.
Num estado mais avançado esta doença acaba tendo o seu impacto no corpo e no metabolismo da pessoa, pois a desnutrição instala-se, causando sintomas como:
  • Ausência da menstruação;
  • Prisão de ventre;
  • Dor abdominal;
  • Dificuldade em tolerar o frio;
  • Falta de energia e cansaço;
  • Inchaço e problemas cardíacos.
Além destes sintomas outros podem surgir outros e nestes casos mais graves, o tratamento pode ter de ser realizado em hospital ou clínicas especializadas em transtornos alimentares, pois é necessário o internamento para que exista um acompanhamento médico 24 horas por dia.

Como saber se é Bulimia

A bulimia já é um pouco diferente da anorexia, e a pessoa quese sempre tem o peso normal ou está ligeiramente acima do peso “ideal”, sendo por isso necessário ficar atento ao surgimento de comportamentos como:
  • Desejo de perder peso, mesmo quando não precisa;
  • Vontade exagerada de comer em algumas refeições;
  • Prática exagerada de exercício físico com a intensão de emagrecer;
  • Ingestão exagerada de alimentos;
  • Necessidade constante de ir sempre à casa de banho depois de comer;
  • Uso regular de remédios laxantes e diuréticos;
  • Perda de peso apesar de aparentar comer muito;
  • Sentimentos de angústia, culpa, arrependimento, medo e vergonha depois de comer em excesso.
Quem tem esta doença, tem sempre tendência para tentar esconder o problema e por isso come muitas vezes escondido tudo o que se lembra, não conseguindo muitas vezes se controlar.
  • Calos e cicatrizes nas mãos causados pelo ato de provocar constantemente os vômitos com os dedos;
  • Dentes lascados, com aparência serrilhada e corroída;
  • Bochechas inchadas pois as glândulas salivares podem ficar inchadas ou atrofiadas;
  • Menstruação irregular;
  • Sensação de fraqueza ou tontura;
  • Dores abdominais frequentes e inflamações no sistema gastrointestinal;
  • Inflamações constantes na garganta;
  • Barriga, mãos e pés inchados;
  • Prisão de ventre.
  • Além destes sintomas podem sempre surgir outros e nos casos mais graves pode acontecer ser necessário internamento para que a pessoa possa ser vigiada e tratada 24 horas por dia.

Como diferenciar a Anorexia da Bulimia

Para distinguir entre estas duas doenças, é necessário focar nas suas principais diferenças, pois embora possam parecer bem diferentes podem ser facilmente confundidas. Assim, as principais diferenças entre estas doenças incluem:
Anorexia Nervosa Bulimia Nervosa
Deixa de comer e nega-se a comer Continua comendo, na maioria das vezes compulsivamente e em exagero
Perda de peso grave Perda de peso apenas um pouco acima do normal ou normal
Grande distorção da própria imagem do seu corpo, vendo algo que não está de acordo com a realidade Faz uma menor distorção da imagem do seu corpo, vendo-o muito semelhante à realidade
Começa muita vezes na adolescência Começa muitas vezes já na idade adulta, por volta dos 20 anos
Constante negação da fome Existe fome e ela é referida
Geralmente afeta pessoas mais introvertidas Geralmente afeta pessoas mais extrovertidas
Não vê que está com um problema e acha que o seu peso e o seu comportamento estão normais O seu comportamento causa vergonha, medo e culpa
Ausência de atividade sexual Existe atividade sexual, embora possa ser reduzida
Ausência de menstruação Menstruação irregular
Personalidade muitas vezes obsessiva, depressiva e ansiosa Muitas vezes apresenta emoções excessivas e exageradas, oscilações de humor, medo do abandono e comportamentos impulsivos
Tanto a Anorexia como a Bulimia por se tratarem de transtornos alimentares necessitam sempre de acompanhamento médico especializado, sendo necessárias sessões de terapia com um psicólogo ou psiquiatra para curar o transtorno e com um nutricionista para tratar a desnutrição que se instala.
Estas são doenças que debilitam emocionalmente a pessoa doente e que podem levar meses ou anos a curar, sendo por isso muito importante o apoio e compreensão de familiares e amigos durante todo o processo, e afetam especialmente adolescentes e mulheres jovens.
Se você tiver alguma dúvida, pode deixar nos comentários. Se quiser desabafar sobre a doença, meu e-mail está aberto pra isso! gabbimania@icloud.com

Xoxô ♥

Seja você!

girl-869205_1920
views
41

Seja você!

Não perca tempo nem se distraia do foco querendo ser quem acha que os outros gostariam que você fosse.
Muitos por quererem ser aceitos e amados, se perdem pra agradar aos outros. Tolice. Quem a ama de fato, a aceita pelo que a difere dos demais. Você é única! com suas vitórias e derrotas; com seus defeitos e virtudes; com sua historia; suas cicatrizes…
Liberte-se da opinião alheia pra viver o melhor de si!

Juliana Loredo

Que Jesus abençoe cada uma de vocês!

Quer conversar sem ser pelo blog? gabbimania@icloud.com
meu e-mail está aberto pra vocês! Um beijo